Blog do Instituto Líderes do amanhã

Acompanhe as atualizações

Resenha – Por que as nações fracassam

Resenha Crítica – Por Thiago Garcia, Associado II do Instituto Líderes do Amanhã

“Por Que as Nações Fracassam: As Origens do Poder, da Prosperidade e da Pobreza” é um livro escrito por Daron Acemoglu e James A. Robinson. Nessa obra, lançada originalmente em 2012, os autores analisam e expõem as razões que explicam porque algumas nações prosperam, enquanto outras enfrentam o fracasso econômico e político.

Daron Acemoglu é economista e professor do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). Já recebeu diversos prêmios na área econômica e escreveu centenas de artigos com relevância reconhecida pela academia. James A. Robinson é cientista político, economista e professor da Universidade de Chicago e especialista em economias da América Latina e África.

Baseada na compilação de 15 anos de pesquisa acadêmica nos campos do Desenvolvimento Econômico, Economia Institucional e História Econômica, a obra conclui que a prosperidade das sociedades está diretamente ligada às instituições produzidas por elas, especialmente as instituições políticas e econômicas. Nesse contexto, os autores diferenciam instituições inclusivas de instituições extrativistas.

Instituições inclusivas são aquelas que possibilitam e estimulam a participação de grande parte da população em atividades políticas e econômicas. Ao permitir que os indivíduos façam as escolhas que bem entenderem, essas instituições fazem o melhor uso possível de seus talentos e habilidades. Ou seja, distribuem o poder de forma equitativa e permitem a participação de um grande número de pessoas na economia e na política, algo essencial para o desenvolvimento e a prosperidade.

Para serem inclusivas, as instituições devem proporcionar propriedades privadas seguras, um sistema jurídico imparcial e serviços públicos que garantam um campo igualitário, no qual as pessoas possam fazer trocas e firmar contratos de forma pouco burocrática.

Por outro lado, as instituições extrativistas levam a sociedade ao fracasso, tendo por finalidade a extração da renda e da riqueza de um segmento da população para benefício de outro. Essas instituições podem se traduzir em tributação excessivamente onerosa, leis que privilegiam alguns segmentos e burocracia que dificulta a abertura de novas empresas.

Em outras palavras, as nações fracassam porque suas instituições econômicas extrativistas são incapazes de trazer os incentivos necessários para que as pessoas poupem, invistam e inovem.

O livro utiliza uma variedade de exemplos históricos e estudos de caso para sustentar suas teorias. Essa abordagem ajuda a ilustrar como as instituições e a distribuição de poder desempenham um papel significativo na prosperidade ou estagnação de nações.

Dentre os movimentos históricos analisados, destaque para a Revolução Industrial, que só foi possível dadas as instituições políticas pluralistas vigentes na Inglaterra à época. Nesse contexto, instituições políticas inclusivas permitiram o desenvolvimento de instituições econômicas que iriam servir de base para a Primeira Revolução Industrial.

Importante mencionar que na tese dos autores o Estado possui papel fundamental no processo de desenvolvimento de uma nação. É necessário um governo centralizado para realizar o cumprimento dos contratos, das leis e para fornecer serviços públicos básicos como educação e saúde. Por outro lado, essa autoridade não deve distorcer os preços de mercado por meio de políticas que beneficiem determinado grupo em detrimento do restante da sociedade.

Em resumo, “Por Que as Nações Fracassam” é uma leitura fundamental para aqueles interessados em entender o desenvolvimento econômico e político das nações. O livro desafia muitas teorias convencionais e oferece uma visão ampla de como as instituições desempenham um papel central no destino de uma sociedade. Impressiona a riqueza de exemplos e detalhes trazida pelos autores para fortalecer cada aspecto da teoria apresentada.

Autor

Thiago-Ferreira-Garcia

Thiago Ferreira Garcia

Associado II

Grupo 2127

Últimos artigos e notícias

Ivan Takao Oikawa

20/02/2024

Tito Dias Kalinka

20/02/2024

Marina Parreiras Vieira Alves Rebouças

20/02/2024

Inscreva-se na Newsletter